Destaques

Título Fafe presente na Mostra Internacional de Cinema de Palencia
Imagem_447_01
Data de Publicação 2014-11-18 00:00:00 +0000
Sub-título Parceria do Município com Cineclube apresenta dois documentários:
Descrição

A Câmara Municipal de Fafe, em parceria com o Cineclube participam, de 3 a 7 de março, na XXIV Mostra Internacional de Cinema de Palencia. Esta participação surge na sequência da integração do município fafense na rede de programadores culturais de Valladolid e Salvador da Baía, que, para além de se dedicarem a uma intervenção cultural e de promoção territorial, são também parceiros preferenciais em alguns eventos culturais internacionais.

Na sequência dessa colaboração, o município de Fafe, numa parceria com o cineclube local, marca presença na mostra de cinema com dois documentários, “Travessia” e “Da Alvorada de Sirene ao Nosso Turno”.

No que se refere ao “Travessia” lembrar que se trata do resultado de uma residência artística do Teatro Andante, de Minas Gerais do Brasil, no projeto Fafe Cidade das Artes, sendo que grande parte do trabalho foi realizado freguesia de Antime, envolvendo atores profissionais e amadores. Na prática, esta intervenção performativa é uma abordagem sobre o tema Emigração, uma experiência de viagem sensorial, nos tempos, nas memórias, nas histórias e imaginários onde a própria temática se movimenta, buscando novas visões para além de lembranças e nostalgias.

Já o documentário “Da Alvorada da Sirene ao Novo Turno” é um trabalho da realizadora Rita Sousa, com produção do Cineclube de Fafe, e é um documentário que nos transporta para a memória operária da Fábrica do Ferro, participando neste antigos operários e moradores do bairro da fábrica. Um filme que em muito se inscreve naquilo que constitui um dos mais marcantes traços societários do concelho de Fafe, uma vez que empregou centenas de famílias e transformou o quotidiano e as vivências das mesmas.

A participação de Fafe neste tipo de festival mostra a importância que a cultura começa a ganhar no concelho. Segundo o vereador da cultura da câmara municipal, Pompeu Martins, esta presença é importante para um concelho que, há muito, se quer afirmar neste área.

“Fafe tem vindo a fazer um forte investimento na área cultural. Consideramos que temos condições para nos tornarmos um polo de referência no norte do país, no que à cultura diz respeito. Esta participação na mostra de cinema de Palencia é sinal que estamos no bom caminho”, disse o autarca, lembrando que os trabalhos feitos na área cultural, nomeadamente no teatro, começam a ser reconhecidos a nível internacional.

“Começamos a dar pequenos passos nesta área e os trabalhos realizados cá começam  a ser reconhecidos lá fora. Temos o exemplo do “Bartolomeus” que está nomeado para dois prémios no Brasil, mas também do trabalho que mostrámos da Escola Bailado de Fafe nos Estados brasileiros de Pernambuco e Paraíba no festival «Janeiro de grandes espetáculos», além dos convites que nos chegaram de Espanha, agora na região de Castela e anteriormente na Galiza”.

A XXIV Mostra Internacional de Cinema de Palencia realiza-se entre os dias 3 e 7 de março.

O vereador da cultura da Câmara Municipal de Fafe vai marcar presença na Mostra nos dias 3 e 4, sendo que dia 4, Pompeu Martins irá participar na conferência subordinada ao tema “Impulso à Coprodução Audiovisual entre Salvador da Baía (Brasil) Valladolid (Espanha) e Fafe (Portugal)”, marcada para as 10H30.

Documentos
Imagens
Powered by: TextoVirtual.com