Destaques

Título Raul Cunha participou no 8º Fórum Nacional da Diabetes
Imagem_275_01
Data de Publicação 2014-11-18 00:00:00 +0000
Sub-título Presidente da Câmara de Fafe representou Associação Nacional de Municípios
Descrição

O presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, representou, este domingo, a Associação Nacional de Municípios, no 8º Fórum Nacional da Diabetes, que decorreu no Centro de Congressos do Estoril.

Organizado pela Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal, Sociedade Portuguesa de Diabetologia, Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo, Sociedade Portuguesa de Medicina Interna e Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar, o fórum que contou com o apoio da Direção-Geral de Saúde e do Programa Nacional da Diabetes, teve como objetivo refletir sobre um problema grave de saúde, com tendência a que se agrave significativamente nos próximos anos.

Na sua intervenção, o autarca de Fafe e médico, Raul Cunha, falou da importância e do papel ativo que as autarquias devem ter na área da saúde.

“O envolvimento das autarquias na saúde tem sido tímido para não dizer residual. A maioria das câmaras vê com alguma desconfiança o anúncio de intenções por parte do Poder Central de transferir para si competências e obrigações que têm sido assumidos pelo Governo. No entanto, passada que está a fase da construção das infraestruturas, vias e equipamentos, julgamos que, nos tempos em que vivemos, é praticamente impossível separar a politica de proximidade, que é a essência do trabalho do dia-a-dia das autarquias, de questões tão sensíveis como as políticas de apoio empresarial, ao emprego, sociais e de saúde, referiu o autarca.

Apesar de considerar que deva existir esta proximidade entre as autarquias e saúde, Raul Cunha diz, no entanto, que “estas não devem substituir-se ao Serviço Nacional de Saúde”.

“Como presidente de câmara, mas também como médico, acredito que ambas podem ser um forte aliado, já que, na minha opinião, a integração de cuidados e o envolvimento de todos, para garantirmos melhores cuidados de saúde, é essencial”.

Na sua intervenção, Raul Cunha frisou ainda que os decisores políticos, os responsáveis pelo planeamento e os prestadores de serviços devem trabalhar em conjunto.

“As autarquias, algumas das quais desempenham papéis de liderança no bem‐estar das populações que representam, devem incluir a saúde e as organizações de saúde nas suas parcerias locais de assistência social e apoiar o trabalho e o planeamento intersectoriais”, esclareceu.

Raul Cunha disse acreditar que a Diabetes, pela sua importância e características, pode funcionar como motor para um maior envolvimento entre poder local e saúde.

“O envolvimento das autarquias na abordagem multidisciplinar da Diabetes é já uma realidade que deve ser acarinhada e desenvolvida para conseguirmos o objetivo de termos melhor saúde em Portugal”, explicou, lembrando que os autarcas acreditam que o “envolvimento é necessário e será o caminho para termos mais e melhor saúde de um modo mais eficiente e integrada”.

O 8º Fórum Nacional da Diabetes realizou-se no Centro de Congressos do Estoril e contou intervenções de representantes de várias entidades, onde foram discutidos temas como "Os Portugueses comem mal?", "Cozinhar no dia a dia", "Os políticos pela diabetes" e "Jovens com diabetes – Que estilos de vida?". 

Documentos
Imagens
Powered by: TextoVirtual.com