Destaques

Título LIVRO DE ARTUR COIMBRA É PRETEXTO PARA FESTA SOLIDÁRIA A FAVOR DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE FAFE
Outdoor_bombeiros
Data de Publicação 2017-11-24 00:00:00 +0000
Sub-título
Descrição

Na noite de 29 de Novembro, quarta-feira, a partir das 21h00, o Teatro-Cinema de Fafe vai ser palco de uma Festa Solidária a favor dos Bombeiros Voluntários de Fafe. A entrada é livre.

O pretexto é a apresentação da obra Bombeiros Voluntários de Fafe – Uma História de heroísmo desde 1890, de Artur Ferreira Coimbra, historiador e Vice-Presidente da Direcção da humanitária instituição.

O livro, com mais de 450 páginas, a cores, é apresentado por Agostinho Peixoto, presidente da Assembleia Geral da Federação dos Bombeiros do Distrito de Braga.

Na cerimónia, além dos órgãos sociais dos bombeiros fafenses, marcará presença o Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Comandante Jaime Marta Soares.

O evento, que tem como epicentro o lançamento da obra, será conduzido pelo animador Rafa Leite e inclui diversos momentos de animação, com a participação dos seguintes artistas e grupos locais: Escola Bailado de Fafe, Academia de Música José Atalaya, Coral Santo Condestável, Valter Lobo, Face B e Grupo de Cavaquinhos dos Bombeiros Voluntários de Fafe.

A receita da venda dos livros e outra que se apurar reverte integralmente para os Bombeiros Voluntários de Fafe!

A nova obra de Artur Ferreira Coimbra, que inclui mensagens de Pedro Frazão e Jaime Marta Soares e teve o suporte financeiro de diversas empresas fafenses, passa em revista o longo historial dos Bombeiros Voluntários de Fafe desde a sua fundação, por João Crisóstomo e um conjunto de fafenses, em 19 de Abril de 1890, até aos nossos dias, num percurso nem sempre linear.

Insere todos os corpos gerentes que construíram o historial da Associação e que deram o melhor de si, no passado e no presente, para dotar a corporação dos meios e condições mais adequados para o melhor desempenho da sua missão na sociedade. Em destaque estão os presidentes da agremiação, sendo que pela presidência dos Bombeiros passou historicamente a elite politica, económica e social da sociedade fafense, designadamente, advogados, médicos, militares, professores, comerciantes. Por ela passaram personalidades ilustres que, antes ou depois do exercício da presidência, foram Presidentes de Câmara ou Vereadores.

A obra traça também o perfil dos Comandantes que foram deixando a sua marca nesta casa de afectos e de grande altruísmo. E os médicos e capelães que serviram a instituição.

São ainda passadas em revista as distinções que foram atribuídas desde sempre aos Bombeiros e as que a Associação entregou a personalidades locais e nacionais.

Realce ainda para um capítulo sobre as actividades culturais e desportivas da corporação, onde se fala da Banda de Golães, que foi dos Bombeiros Voluntários de Fafe durante quase meio século (1895-1944) e se historiam grupos como a Fanfarra, a Banda Faz de Conta, o Grupo de Cavaquinhos e a Juvebombeiro.

Também há lugar para os poemas que diversos autores locais foram dedicando aos Bombeiros, hinos de louvor e de exaltação artística. Casos de Ruy Monte, Sousa Machado, Alberto Alves, Paulo Fafe, Augusto Fera, Manuel Ribeiro, Francisco Leite Castro e Armando Fonseca, entre outros.

Além dos primeiros e dos actuais estatutos, a obra insere um portefólio fotográfico de dezenas de imagens de momentos diversos da vida da Associação e faz o ponto da situação dos Bombeiros em 2017: quem são os membros do corpo activo, do quadro de honra e do quadro de reserva, e quais os veículos de combate a incêndios florestais, urbanos e industriais e as ambulâncias de socorro e transporte de doentes. Para memória futura!

 

Imagens
Powered by: TextoVirtual.com