Destaques

Título Câmara de Fafe celebra Implantação da República com sessão solene
Dsa_3173a
Data de Publicação 2017-10-05 00:00:00 +0100
Sub-título Personalidades fafenses homenageados com Medalhas de Mérito Concelhio
Descrição

O Município de Fafe assinalou, hoje, o 107º aniversário da Implantação da República, com uma sessão solene nos Paços do Concelho que homenageou várias personalidades fafenses.

O Executivo Municipal recebeu a Fanfarra dos escuteiros de Fornelos no edifício dos Paços do Concelho, onde foi hasteada a bandeira, seguindo-se a sessão solene, no Salão Nobre da Autarquia.

Durante a cerimónia, foram várias as personalidades do concelho homenageadas, com a atribuição de Medalhas de Mérito Concelhio, aprovadas, por unanimidade, em reunião de Câmara.

Laurentino Dias, Presidente da Assembleia Municipal de Fafe, desde 1982, recebeu a Medalha de Ouro de Mérito Concelhio, ‘pelos 35 anos de serviço público aos fafenses, ao país e à democracia’.

Também o Cónego Dr. Valdemar Gonçalves foi distinguido com a Medalha de Ouro de Mérito Concelhio, ‘em reconhecimento e gratidão pelos relevantes serviços prestados ao concelho e aos fafenses nas vertentes, social, cultural e religiosa.’ 

O Capitão António Manuel Fernandes, Presidente da Delegação de Fafe da Cruz Vermelha Portuguesa, foi agraciado com a Medalha de Prata de Mérito Concelhio,’ pela dedicação, empenho e altruísmo que coloca na sua missão de servir o próximo.’

Também nesta cerimónia, foram homenageados, a título póstumo, Carlos Alberto Antunes Fernandes, Presidente da Junta de Freguesia de Quinchães, e Filipe Ribeiro Silva, Presidente da Freguesia de Golães. Ambos foram ‘distinguidos pelo empenho e trabalho pelas suas freguesias e pela dedicação e apreço com que tratavam as suas populações.

O Presidente da Assembleia Municipal, Laurentino Dias, aproveitou a homenagem prestada para fazer um balanço dos 35 anos de trabalho na Assembleia Municipal que agora findam.

“Faz hoje um ano que transmiti publicamente que não voltaria a ser candidato à Assembleia Municipal. Fi-lo, porque já são muitos anos e, sobretudo, porque é importante dar o lugar a outros.

Receber esta medalha é uma enorme honra. Assim como foi uma enorme honra presidir a Assembleia durante estes anos, não porque tenha praticado feitos muito relevantes, mas, sim, porque, nestes anos de trabalho, consegui que houvesse um bom ambiente de colaboração, empenho e cooperação entre das diferentes forças políticas do concelho. “

“Aproveito ainda para desejar à Assembleia Municipal, à Câmara Municipal e às Juntas de Freguesia eleitas que prossigam o trabalho que, ao longo de todos estes anos, muitos de vós e outros que agora se juntam, vêm dando ao concelho. Que prossigam o esforço para criar no nosso concelho mais polos de desenvolvimento, mais motivos para que a nossa juventude tenha orgulho na sua terra e possa aqui nascer, viver e trabalhar.

“Agradeço, novamente, a todos, esta distinção. Esta medalha vai comigo para casa, mas ela pertence também a todas as centenas de pessoas que comigo partilharam o trabalho na Assembleia Municipal de Fafe.”, concluiu.

O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, encerrou a sessão, relembrando os valores que estiveram na origem da Implantação da República, há 107 anos.

“Hoje, celebramos, em Fafe, de uma forma simples e singela, esta data, para não deixar esquecer os princípios e valores como a democracia, igualdade e a honra,  que tão mal tratados são nos dias de hoje, e que devem ser lembrados, sublinhados e defendidos.”

O Autarca aproveitou o momento para se referir, de forma simbólica, à inauguração do Salão Nobre da Autarquia “agora requalificado e que acolhe, pela primeira vez, uma cerimónia desta importância.

Aproveito, assim, para agradecer ao Serviço de Arquitectura do Município pelo trabalho aqui efectuado que dignifica a Câmara Municipal, aliando a simplicidade, a beleza e a modernidade.”

Dirigindo-se aos homenageados, Raul Cunha, distinguiu os Presidentes de Junta, recentemente falecidos,  “pelos serviços prestados no exercício das suas funções autárquicas, em prol das populações que tão dedicadamente serviram.”

“Uma palavra de gratidão ao Senhor Capitão Fernandes pelos 25 anos de Presidência da Delegação de Fafe da Cruz Vermelha, reconhecimento pelo trabalho atento e dedicado junto dos mais desfavorecidos. Ao Senhor Cónego Dr. Valdemar Gonçalves, a minha sentida homenagem pelo contributo que sempre deu para o engrandecimento de Fafe.

Ao Dr. Laurentino Dias, uma palavra de gratidão pelo seu percurso, enquanto homem, político e cidadão que sempre honrou e prestigiou Fafe nos vários cargos e funções que desempenhou. É de homens assim que a vida política se enobrece e que justifica a dedicação à causa pública.

“Assim, desta forma simples comemoramos, em Fafe, a Implantação da República, não só lembrando o passado, mas sobretudo prestando a nossa homenagem àqueles que, de ente nós, mais se salientaram e colocando os olhos, no futuro, seguindo o seu exemplo, construímos um Município melhor, mais prestigiado, respeitado e digno.”, rematou.

Powered by: TextoVirtual.com