Destaques

Título "Terra Justa em Fafe” recorda papel das enfermeiras paraquedistas portuguesas
Imagem_972_0001
Data de Publicação 2016-03-30 00:00:00 +0100
Sub-título Encontro de Causas e Valores dedicado aos direitos humanos e à questão dos refugiados
Descrição

António Guterres, Agenzia Habeshia e Fundação Calouste Gulbenkian serão homenageados

Entre os dias 5 e 9 de Abril, Fafe volta a receber o “Terra Justa- Encontro Internacional de Causas e Valores da Humanidade.”, que, este ano, tem como tema central os refugiados e imigrantes, a cultura como valor e os direitos humanos, em tempo de conflito.

Além de António Guterres, candidato a secretário-geral das Nações Unidas (ONU) e que foi, até dezembro de 2015, alto-comissário das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), a II edição do “Terra Justa – Encontro Internacional de Causas e Valores da Humanidade” vai ainda homenagear a Agenzia Habeshia, a Fundação Calouste Gulbenkian e ainda recordar o papel das enfermeiras paraquedistas portuguesas.

Em 1961, foi criado o corpo de Enfermeiras Paraquedistas, integrado na Força Aérea Portuguesa, que teve a sua origem nos mesmos princípios humanitários defendidos pela Cruz Vermelha Internacional, cuja organização sempre se destacou pela importância do papel das mulheres nas missões de socorro às populações, nomeadamente perante as grandes catástrofes naturais. Foi esse o espírito, primeiro, da sua mentora, Isabel Rilvas, e, depois, das autoridades portuguesas, confrontadas com a necessidade de terem profissionais competentes para socorrerem as populações civis afetadas no contexto da guerra e também para tratarem dos militares portugueses feridos.

Durante 14 anos, 46 mulheres portuguesas estiveram diretamente envolvidas na guerra do Ultramar, em inúmeras missões de recuperação e evacuação de feridos do campo de batalha, em cenários como Angola, Guiné- Bissau e Moçambique.

O “Terra Justa – Encontro Internacional de Causas e Valores da Humanidade” é um evento internacional que ocorre na cidade de Fafe, com o objetivo alertar, provocar e envolver as pessoas a refletir sobre a importância das causas e valores da humanidade.

De 5 a 9 de Abril, a cidade vai acolher conferências, tertúlias de café com convidados nacionais e internacionais, exposições de rua, teatro de rua, debates, música, arte pública, entre muitas outras atividades.

Além da questão dos refugiados, vão ser ainda abordados temas como os direitos humanos em cenários de conflito, o valor da cultura e questões relacionadas com a religião.

A Fundação Calouste Gulbenkian e Agenzia Internacional Habeshia serão duas instituições em destaque e a homenagear durante a Terra Justa.

As causas entre as pessoas…

O centro da cidade de Fafe será palco de um “caminho das causas” e de um túnel de grandes dimensões, objetos de arte pública, cujo objetivo é envolver as pessoas para as grandes causas da humanidade e para problemáticas que são ignoradas no nosso dia-a-dia.

No Arquivo Municipal, em Fafe, vão estar patentes exposições dedicadas a António Guterres, Agenzia Habeshia, Fundação Calouste Gulbenkian e às Enfermeiras Paraquedistas Portuguesas.

Mural das Causas…

Em plena cidade, o monumento, feito a partir de um bloco de granito, desenhado pelos arquitetos da Câmara Municipal de Fafe, vai continuar a guardar, durante 25 anos, as mensagens de grandes individualidades que passaram por Fafe.

Recorde-se que já se encontram no mural as mensagens do Cardeal Óscar Maradiaga, ex-Presidente da Cáritas Internacional e braço direito do Papa Francisco para a reforma da Igreja, Maria de Jesus Barroso Soares, da Fundação Pro-Dignitate, e das ONG´s Amnistia Internacional e Médicos do Mundo. A ideia é perceber, em 2041, como era o mundo, as ideias e a visão da sociedade, nomeadamente ao nível dos valores humanos e das grandes causas globais.

DIA 5 DE ABRIL – TERÇA-FEIRA

Pré-arranque do “Terra Justa” / Recordar a edição de 2015

14h30 – Animação de rua

15h00 – Inauguração do Jardim Maria Barroso, com a presença de Isabel Soares | Parque da Cidade

15h30 – Inauguração da exposição de arte pública “Caminho das Causas” e da exposição de rua “Luz ao fundo do túnel”

17h30 – Conferência Fundação Pro-Dignitate “A paz como missão”, com os convidados – Jornalista António Pacheco, Dr.ª Isabel Soares, Dr.ª Raquel Abecassis (RR), Padre Villas Boas (TSF) e Jornalista Celso Filipe (JNegócios) | Sala Manoel Oliveira

18h30 – Atribuição do Prémio “Jornalismo pela paz – Dr.ª Maria de Jesus Barroso Soares”

21h30 – Apresentação do Livro “Terra Justa 2015”, pelo jornalista António Pacheco, Diretor da Fundação Pro Dignitate

DIA 6 DE ABRIL – QUARTA-FEIRA

10h00 – Animação de rua

10h30 – Conversa de Café “Gente que trata gente – ativismo humanitário”, com a Enf.ª Rosa Serra e Joaquim Letria | Café Shake

12h00 – Chegada da Caminhada Azul à Praça 25 de Abril, junto ao "Mural das Causas" | Agrupamento de Escolas Montelongo

15h00 – “Um salto pela memória: Salto de Paraquedas do Regimento de Paraquedistas”, pela equipa de paraquedistas “Falcões Negros”

15h30 – Colocação de mensagem no “Mural das Causas”, pela Enf.ª Rosa Serra e Tenente-Coronel José Aparício | Praça 25 de Abril

16h00 – Conversa de Café “Eu, tu e eles: Que mundo é este?”, com Teresa Tito de Morais

17h30 – Inauguração da exposição “Gente que tratou gente - Enfermeiras paraquedistas Portuguesas”, apresentada pelo Tenente-General José Ferreira Pinto | Arquivo Municipal, Sala Serviço Educativo

21h30 – Conferência “Memória e tributo - Enfermeiras Paraquedistas Portuguesas”, moderada por Jornalista Joaquim Letria com a presença do General Luís Araújo – Antigo Chefe do Estado Maior-General das Forças Armadas de Portugal (CEMGFA), Coronel José Aparício, Enf.ª Rosa Serra, Enf.ª Maria Arminda, Soldado Manuel Ferreira | Teatro Cinema de Fafe

– Apresentação do livro “Enfermeiras Paraquedistas” por Dr. Vítor Raquel | Teatro cinema de Fafe

DIA 7 DE ABRIL – QUINTA-FEIRA

10h00 – Animação de rua

10h30 – Conversa de Café “Refugiados e Deslocados – medos e mitos”, com Frei Mussie Zerai e Tareke Brhane

15h00 – Colocação de mensagem no “Mural das Causas” por Agência Habeshia

15h30 – Inauguração da Exposição “EU EXISTO - missão Agenzia Habeshia” | Arquivo Municipal de Fafe

18h00 – Conversa de Café “As novas fronteiras de um novo mundo”, com Mussie Zerai e Carvalho da Silva

21h30 – Conferência de Homenagem a “Agenzia Habeshia – História e Missão”

DIA 8 DE ABRIL – SEXTA-FEIRA

10h00 – Animação de rua

10h00 – Conferência de Café “A Cultura como valor na sociedade”, com Graça Morais, Maria Rueff, Frei Bento Domingues e Ângelo Torres | Café Easy

11h30 – Conversa de Café “ Uma Ca(u)sa para o Mundo”, com Eng.º António Guterres

15h00 – Colocação de mensagem no “Mural das Causas”, pelo Eng.º António Guterres

15H30 – Inauguração Exposição “António Guterres vida e obra” | Arquivo Municipal

18h00 – “Arquivos de vida: uma conversa com Eng.º António Guterres”

21h30 – Conferência de Homenagem “António Guterres, Vida e Obra” | Teatro Cinema de Fafe

DIA 9 DE ABRIL – SÁBADO

10h00 – Animação de rua

10h30 – Conversa de café com Artur Santos Silva

15h00 – Apresentação do projeto de torneio de futebol inter-religioso “RELIJOGANDO – o papel do desporto na questão das diferentes crenças religiosas”, apresentado por Paulo Mendes Pinto | Sala Manoel Oliveira

16h00 – Inauguração da exposição “Gulbenkian, uma missão”

17h30 – Colocação de mensagem no “Mural das Causas” de Artur Santos Silva

18h00 – Conferência OLR - "Europa Refugiada - O papel da Religião e da Laicidade nos (des)encontros do futuro | Sala Manoel Oliveira

21h30 – Conferência de Homenagem “Gulbenkian, história e missão” | Teatro Cinema de Fafe

Encerramento do evento “Terra Justa 2016”, por Frei Fernando Ventura e Dr. Raúl Cunha, Presidente da Câmara Municipal de Fafe

Documentos
Imagens
Powered by: TextoVirtual.com