Destaques

Título “Heróis de toda a espécie” no Centro Educativo Montelongo
Imagem_1009_0001
Data de Publicação 2016-04-22 00:00:00 +0100
Sub-título Alunos sensibilizados para a preservação do ambiente e biodiversidade
Descrição

Decorreu ontem, a partir das 9h30, no Centro Educativo Montelongo, um conjunto de atividades com forte caráter lúdico, que compõem a iniciativa “Heróis de toda a espécie”, promovida pela REN - Redes Energéticas Nacionais, em parceria com a Câmara Municipal de Fafe e com o apoio da Quercus.

Os alunos do Centro Educativo Montelongo reuniram-se durante a manhã para realizar um conjunto de jogos, depois de assistir a uma apresentação sobre algumas espécies de biodiversidade.

Houve ainda espaço para a realização de uma pequena peça teatral interativa, com a participação dos alunos, acerca de algumas espécies animais e vegetais, como o lobo ibérico ou o azevinho.

A iniciativa terminou como nas restantes instituições de ensino que a iniciativa tem percorrido – com a plantação de algumas árvores na escola, dando continuidade à sensibilização e consciencialização dos alunos para o tema do ambiente, preservação da floresta portuguesa e conservação das espécies animais e vegetais ameaçadas ou em vias de extinção.

Foi ainda entoado o hino dos “heróis de toda a espécie”, segundo o qual “todos conseguimos; a Terra vai agradecer”.

O objetivo, corroborado pela diretora da escola, Maria José Marques, passa por “consolidar os conhecimentos obtidos dentro da sala de aula e, portanto, é importante envolver a escola nestas atividades.”

A Vereadora do Ambiente, Helena Lemos, e o Vereador da Educação, Pompeu Martins, que acompanharam a manhã no Centro Educativo Montelongo, apontam para a importância da iniciativa.

Pompeu Martins sublinhou a importância da atividade, “muito produtiva e interessante do ponto de vista pedagógico.”

Para Helena Lemos “a animação com que é realizada a atividade, o seu caráter lúdico, cativa os alunos e facilita a transmissão da mensagem.

Temos de apostar na sensibilização ambiental das crianças, que se prepararam, hoje, muito bem para o tema, sentindo-se o seu envolvimento.

O balanço é naturalmente muito positivo, com a participação interessada dos alunos e considerando que são eles os principais atores no processo de divulgação da mensagem em casa.”

Margarida Ferreirinha, da REN, conclui dizendo que “mais de 20% do investimento de cada projeto que fazemos é canalizado para a redução dos impactos ambientais. E esta iniciativa surge por acharmos que são as crianças que podem ajudar a mudar hábitos e comportamentos.

As atividades têm uma forte componente lúdica, que é uma forma de manter o interesse dos alunos. Temos tido um feedback muito positivo dos educadores.”

Powered by: TextoVirtual.com