Destaques

TítuloXXXIV Encontro de Cantadores de Reis de Fafe realiza-se este domingo com a participação de 25 grupos
Reis 2019 post 03
Data de Publicação2019-01-08 00:00:00 +0000
Sub-título
Descrição

O Município de Fafe leva a efeito mais uma edição do tradicional encontro de cantadores de reis do concelho, já em 34ª edição, este domingo, 13 de Janeiro, a partir das 15h00, em três espaços da cidade, com a participação de 25 grupos ligados a coletividades de cultura, recreio e desporto do município.

Na Igreja Matriz, atuam o Grupo Recreativo de Ardegão, Leo Clube de Fafe, “Amiguinhos de Jesus”, Agrupamento nº 88 S. Francisco de Assis – Regadas, Grupo Coral Cultural e Recreativo de Medelo, Associação Recreativa e Cultural de Santo Ovídio, Associação Cultural e Recreativa de Folclore de Paços e Coral de Antime.

Já na Igreja Nova, atuam o Grupo Coral de Armil, Rancho Folclórico de Fafe, Grupo de Cantadores dos Reis do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Cepães e Fareja, Grupo de Bombos “Só Dava Assim”, Grupo Folclórico da Casa do Povo de Arões, Agrupamento CNE nº 619 – S. Lourenço de Golães, Grupo de Jovens “Criar Asas”, Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Fafe e Grupo Cultural e Recreativo de Revelhe.

Finalmente, no Auditório Municipal atuam o Grupo Coral de Ardegão, Centro Social de Golães, Grupo Cultural e Desportivo de Armil, Grupo Coral de Santa Maria de Várzea Cova, Grupo de Cavaquinhos da Associação Desportiva e Cultural de Silvares S. Clemente, Grupo de Cavaquinhos dos Bombeiros Voluntários de Fafe, Associação Cultural e Desportiva de Aboim e Grupo de Adolescentes, Pais e Amigos da Fábrica da Igreja Paroquial de Seidões.

Em cada uma destas eliminatórias, são escolhidos quatro grupos que passam à final.

Após a atuação, os grupos participantes visitam alguns cafés e restaurantes nas ruas da cidade, antes de se dirigirem ao Pavilhão Multiusos onde, a partir das 17h00, se realiza a grande final, com a participação de doze grupos, para a eleição dos três primeiros classificados.

O evento visa reviver a tradição e estimular a defesa do património cultural que são os cantadores de reis, promovendo a sua recolha e recriação.

O objectivo final da iniciativa é a apresentação das reisadas nas suas formas mais genuínas e autênticas, concretizadas na antiguidade dos cantares, na riqueza dos trajes e adereços e na adequação dos instrumentos, que serão avaliados por um júri nomeado pela Câmara Municipal de Fafe.

Imagens
Powered by: TextoVirtual.com