Destaques

Título Obras do Novo Quartel da GNR arrancam sábado
Imagem_300_01
Data de Publicação 2015-11-18 00:00:00 +0000
Sub-título Secretário de Estado da Administração Local no lançamento da primeira pedra
Descrição

A construção do novo Quartel da GNR de Fafe vai finalmente sair do papel. O arranque dos trabalhos será assinalado no próximo sábado, com o lançamento da primeira pedra, numa cerimónia que contará com a presença do Secretário de Estado da Administração Interna, Fernando Alexandre.

Recorde-se que esta é uma obra necessária e que sofreu vários avanços e recuos nos últimos 20 anos, mas da qual a autarquia nunca desistiu, por se tratar de uma obra fundamental para o concelho. 

O inicio da construção do novo destacamento da GNR de Fafe estava condicionado ao visto do Tribunal de Contas, que deu na sexta-feira passada, o seu aval, estando agora criadas todas as condições para o arranque definitivo da obra.

A construção de novas instalações para albergar o Posto Territorial da GNR de Fafe constitui uma necessidade, sendo que as atuais instalações não apresentam as condições adequados para os profissionais que lá trabalham, nem as condições exigíveis para que seja prestado o serviço público de qualidade. Para além disso, a localização do atual posto está desarticulado.

Portanto, tendo em conta todos os problemas associados às atuais instalações, a autarquia não se tem poupado a esforços para que seja construído um novo edifício para a GNR.

O novo Quartel da GNR que vai custar cerca de um milhão e oitocentos mil euros vai ser construído no início da Rua Serpa Pinto, junto ao Parque da Cidade e com ótimas acessibilidades pedonais e também rodoviárias, tendo a vantagem de ficar próximo do centro da cidade.

A obra é fruto de um protocolo entre o Municipio de Fafe, a Direção Geral de Infraestruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna e a Guarda Nacional Republicana.

Neste processo, a autarquia cedeu o direito de superfície de um prédio urbano durante um período de 50 anos, um prédio que inclui um edifício centenário, com condições de preservação e com interesse patrimonial e arquitetónico.

Dessa forma, as novas instalações serão construídas tendo em conta o edifício já existente. Na prática, o novo vai procurar envolver o prédio existente, numa atitude de valorização e de respeito pelo mesmo.

Com uma área total de 2988.00 m2, distribuída por três pisos, o quartel vai contemplar no piso -1 uma garagem, vestiário e arquivo, com uma área de 840 m2, no piso 0, a receção e área administrativa, com uma área de 3 1038 m2 mais 270 m2 do edifício existente. No piso 1, será instalada a área administrativa e alojamentos, numa área de 570 m2 mais 270 m2, no edifício existente.

O projeto contempla também a introdução de uma rotunda que já foi implantada junto ao novo edifício, redesenhando a atual Praça da Liberdade, para possibilitar melhores condições de acessibilidade desde e para o Destacamento Territorial.

Com as novas instalações pretende-se a centralização de diversos núcleos operativos num mesmo edifício, melhorando a interação e a comunicação entre os mesmos, nomeadamente o Posto Territorial, Destacamento, Núcleo de Investigação Criminal, Serviços de Proteção da Natureza e Ambiente, entre outros.

Para o presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, o arranque desta obra é o culminar de um processo que se arrasta há já algum tempo e uma necessidade.

“Este processo já se vem a arrastar há muito tempo, já teve vários avanços e recuos. Trata-se de uma velha ambição e uma necessidade para os funcionários da GNR. Agora está tudo pronto para a obra arrancar. O visto do Tribunal de Contas veio desbloquear o processo de uma construção fundamental”, disse o autarca, lembrando que o atual edifício não apresenta quaisquer condições, nem para os profissionais, nem para prestar os serviços à comunidade.

“Os militares que sofreram durante estes anos com as condições deploráveis vão poder ser compensados e ter um edifico adequado à nobreza das funções que exercem ”.

O lançamento da primeira pedra da obra do Destacamento da GNR, que terá um prazo de execução de um ano, está marcado para o próximo sábado, às 11H00.

Documentos
Imagens
Powered by: TextoVirtual.com