Destaques

Título Câmara de Fafe das primeiras a ajudar famílias sobreendividadas
Imagem_385_01
Data de Publicação 2014-11-18 00:00:00 +0000
Sub-título Gabinete de Apoio à Família a partir de 2 de feverei
Descrição

Preocupada com os problemas de sobreendividamento dos cidadãos, a Câmara Municipal de Fafe vai ter, a partir de 2 de fevereiro, um Gabinete de Apoio à Família, no âmbito de um protocolo com a DECO.

Com este novo espaço, Fafe torna-se uma das primeiras autarquias com este serviço, mostrando a sua preocupação com questões que afetam cada vez mais os portugueses.

No sentido de alertar para questões relacionadas com endividamento familiar, a Biblioteca Municipal foi, ontem, palco de uma ação de sensibilização.

Na sessão, o vereador Pompeu Martins destacou a importância da parceria feita com a DECO, reforçando que todos os que precisem devem procurar este serviço.

“A Câmara Municipal estabeleceu este protocolo com a DECO, no sentido de proporcionar apoio às famílias que, por um qualquer motivo, se endividaram e precisam de soluções para resolver o seu problema. Sabemos que é uma questão que afeta muitas pessoas e, enquanto autarcas, não nos podemos alhear dela”, disse, explicando ainda que se trata “de um serviço sigiloso e gratuito ao qual todos podem recorrer”.

Neste Gabinete de Apoio à Família, os munícipes terão oportunidade de, junto de juristas da DECO, tentar encontrar soluções para cumprir os seus compromissos.

O jurista Bruno Barreira, da DECO, explicou que a Câmara Municipal de Fafe é das primeiras a apostar num gabinete desta natureza, mostrando, dessa forma, a preocupação com os cidadãos.

“A Câmara de Fafe é uma privilegiada porque, neste momento, tem um protocolo com a DECO, no sentido de proporcionar aos munícipes ajuda em questões de endividamento. Há poucas autarquias com este serviço. Este protocolo mostra a preocupação deste município com os cidadãos”.

O responsável explicou que o Gabinete servirá para apoiar as pessoas a encontrar soluções e ajudar a tomar decisões.

“O nosso gabinete vai ser de apoio à família, vamos ajudar as pessoas a todos os níveis. Não queremos ser só um SOS, queremos ser um polo dinamizador de informação para ajudar a tomar decisões”, frisou, lembrando que “o mais importante, numa altura de crise como a que estamos a atravessar. é poupar”.

A partir de 2 de fevereiro, na primeira segunda-feira de cada mês, dois juristas da DECO estarão no Gabinete de Apoio à Família, que irá funcionar na Casa da Cultura, para prestar todo o apoio a quem a ele recorrer.

Documentos
Imagens
Powered by: TextoVirtual.com