Destaques

Título Terra Justa abre com inauguração de Jardim de Maria Barroso no Parque da Cidade
Imagem_981_0001
Data de Publicação 2016-04-05 00:00:00 +0100
Sub-título Raúl Cunha fala em privilégio para Fafe
Descrição

“Acreditamos que as pessoas só desaparecem quando ninguém se lembra delas e como a Maria de Jesus Barroso é alguém querido e acarinhado por nós, não desapareceu”. Foi desta forma que o presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raúl Cunha, inaugurou, esta tarde, o Jardim Maria Barroso, no Parque da Cidade.

Na presença da filha de Maria de Jesus Barroso Soares, Isabel Soares, Presidente da Fundação Pro Dignitate, e de António Pacheco, Diretor da mesma Fundação, Raúl Cunha, visivelmente emocionado, falou de uma figura importante para Fafe e para o evento que hoje começou. Na cerimónia, o autarca falou de Maria Barroso como um símbolo do Terra Justa e destacou ser um privilégio ter associado à iniciativa alguém que sempre defendeu os direitos humanos.

“Na primeira edição do “Terra Justa” tivemos o privilégio e a honra de ter homenageado Maria Barroso Soares e de poder contar com a presença dela aqui em Fafe, num evento de causas e valores da humanidade”, frisou.

Na inauguração do Jardim Maria Barroso, marcou presença também Isabel Soares, filha da homenageada e Presidente da Fundação Pro Dignitate, que se mostrou satisfeita com o gesto da autarquia fafense.

“Para mim é uma honra estar aqui, hoje, a participar neste gesto de perpetuar a memória da minha mãe em Fafe. Ter a minha mãe ligada a Fafe é muito bom, é sinal que ela marcou pela positiva”.

OTerra Justa começou esta tarde, com a inauguração do Jardim Maria Barroso, seguido da inauguração da exposição de arte pública “Caminho das Causas” e da exposição de rua “Luz ao fundo do túnel”.

Às 17h30, a Sala Manoel de Oliveira recebe a conferência Fundação Pro-Dignitate “A paz como Missão”, que contará com a presença de Isabel Soares, Raquel Abecassis, Celso Filipe e Sónia Patacão.

Às 19Hh0, será feita a atribuição do prémio “Jornalismo pela paz – Maria de Jesus Barroso Soares” à rádio Sol Mansi, da Guiné-bissau.

O dia termina com a apresentação do livro “Terra Justa, Encontro de Causas e Valores da Humanidade, 2015”, por António Pacheco e David Pontes.

Documentos
Imagens
Powered by: TextoVirtual.com